origem
Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

Novamente :c

Novamente fizes-te de mim o que querias, afinal não aprendi quando me deixas-te, mas agora é tudo mais grave.

Tornas-te a fazer-me o mesmo, naquela noite, beijaste-me instantaneamente, preocupaste-te comigo, olhaste-me com carinho, amor, estives-te próximo de mim, abraçaste-me.

E, para quê, tudo isso?

Andas-te umas semanas, a falar comigo, a dizer que tinhas saudades de estar comigo pessoalmente, a dizer que eu era a "mulher da tua vida", a dizer que eu nao saia da tua cabeça, e passado mais umas semanas, disseste-me "eu amo-te, acho que não é preciso dizer mais nada".

Perguntaste-me se gostava de ti mais do que amigo, eu respondi-te. Sabes bem o quanto te amei, e tu me fizes-te sofrer, tornei a confiar em ti, e agora explica-me, diz-me, para quê ? Para agora chorar pelos cantos, tanto te pedi para não me deixares, não me fazeres sofrer, disse-te que tinha medo de te amar de novo, que não queria, pois tinha medo de te perder outra vez, e, tu prometeste-me que não me ias deixar nunca, que se dependesse de ti ias ficar comigo.

Mas, agora, as tuas palavras, não passam de simples borboletas, que estiveram lá e agora voaram sem saber o seu rumo. Para quê que queres que te ame ? Para isto ? Ontem confrontei-te, e tu simplesmente num acto de cobardia deixas-te de responder. Tinha prometido a mim mesma, que quando viesses ter comigo não iria querer saber, mas quis, foi mais forte que eu. Magoa tanto, doi tanto, estavas a conseguir sarar a ferida que tinhas deixado no meu coração, e agora tornaste a abrir, e ficou muito mais profunda. Tornas-te a desmoronar o meu Mundo, já nao tenho força para nada, já não sou a mesma.

Mas, apesar de tudo, ainda espero uma mensagem tua, ainda espero poder ver-te, poder dizer-te o quanto és lindo e poder perguntar-te o porque de me fazeres tudo isto.

Sou fraca na tua presença e tu sabes disso.

Agora, enquanto escrevo isto, recebo uma mensagem tua "Bom dia amor", fazes-me mal mas ao mesmo tempo tão bem, mesmo magoando-me, nunca me deixes, fica comigo da maneira que entenderes melhor para ti.

Todas as feridas vao sarar com o tempo ! :x

 

 

p.s. desculpem chatear-vos com os meus devaneios, mas necessitava mesmo de escrever :$

publicado por Daniela Cristina's Diary às 11:04
link do post | comentar | favorito
29 comentários:
De The Dreaming Me a 1 de Dezembro de 2010 às 12:46
não chateias ninguem, pelo menos a im não, devaneia á vontade se te sentires melhor

se precisares de algo estou disponivel

bisous
De p;αndяαde. ॐ a 1 de Dezembro de 2010 às 14:02
obrigado sweet. <3
De p;αndяαde. ॐ a 1 de Dezembro de 2010 às 14:38
tenho pena disso ...
beijinhos.
De J. a 1 de Dezembro de 2010 às 15:18
oh, não peças desculpa, os blogs servem para escrever, fá-lo à vontade.
tenho pena que tu te sintas assim, mas acredito que um dia as feridas curem mesmo com o tempo.
De Rita a 1 de Dezembro de 2010 às 15:44
pois sweet os rapazes fazem nos sentir mal muitas vezes mas ao mesmo tempo fazem-nos sentir tão bem
beijinhos :)
De Joana a 2 de Dezembro de 2010 às 20:55
Ja publiquei um novo post, sobre o meu dia.
No final ponho uma pergunta em questao. Visita e responde por comentario:
www.livelaughdance.blogs.sapo.pt
Bjinhos,
Joana
De p;αndяαde. ॐ a 5 de Dezembro de 2010 às 01:47
obrigado, sweet. :)
De Joana a 6 de Dezembro de 2010 às 17:35
Oláá!
Ja tenho um novo post sobre o meu dia-a-dia.
Passa por la e diz o que achas e responde a minha pergunta.
http://www.livelaughdance.blogs.sapo.pt
xoxo,
Joana
De J. a 8 de Dezembro de 2010 às 20:22
awn obrigada ^^
és tão querida meu deus =o
:$
dás-me com cada elogio =')
tu sim, escreves muito bem. e os teus devaneios são muito bonitos ^^
De Joana a 9 de Dezembro de 2010 às 14:45
Oláá! Tudo bem??
Ja postei o 2º e 3º dia do 30 days challenge. Tbm faço uma pergunta no final do post. Visita e responde, please.
http://www.livelaughdance.blogs.sapo.pt
xoxo,
Joana

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31