origem
Quarta-feira, 17 de Novembro de 2010

fanfic #6

Olá minhas princesas e acompanhantes, quero agradecer-vos desde já por compreenderem o facto de eu agora não disponibilizar de quase tempo nenhum e ter estado este tempo todo sem publicar a minha fic, MAS, nao fiquem tristes, pois finalmente hoje, já vou postar o 5º Capitulo, comentem muito e deiam-me as vossas mais sinceras opiniões.

Beijos:D

Voces sao espectaculares e muito queridas, obrigado por tudo!

Este capitulo é dedicado a todas aquelas ou aqueles não sei (:b) que me seguem.

p.s. Digo-vos já que isto de ter testes todas as semanas até ao final do periodo é muito mau e cansativo, ainda para mais ainda tenho de treinar muito para as competições de ginástica. Estou cansadissima e a morrer, literalmente. :o

 


Capitulo 5/ Until see you


- Sara?! – Ouvi a voz de Bianca, o que será que ela queria? Não queria arranjar mais problemas, pelo menos não agora.

- Sim Bianca. Olha não quero arranjar problemas, por isso acho melhor ir embora. – Comecei a andar.

- Espera Sara, por favor. – Parei. – Eu também não quero arranjar problemas, quero apenas falar contigo, com calma, juro.

- Está bem Bianca, fala então. – Esperei que ela dissesse qualquer coisa.

- Eu quero pedir-te desculpas, precipitei-me. – Interrompi-a.

- Pois precipitaste-te, mas continua. – Eu estava perplexa perante a atitude que ela estava a ter.

- Continuando, tirei conclusões sem vos ouvir primeiro. Eu não quero que te sintas mal cá, muito menos quero que te separes do Seth. – Ui, a sério?

- Pois Bianca, eu e o Seth somos apenas bons amigos, e eu estou provavelmente na fase mais complicada de toda a minha vida, já deves saber. – Provavelmente, Seth já lhe teria contado mas eu não me importava com isso, desde que a relação deles ficasse bem.

- Eu sei bem o que é perder os nossos pais Sara, é horrível, é a pior coisa que pode acontecer a alguém.

- Eu sei que sabes Bianca, apesar de tudo, obrigado, tives-te muita coragem para vires falar comigo e me pedires desculpa.

- Posso abraçar-te? – Perguntou-me ela, assim do nada, achei um pouco esquisita a pergunta, anyway.

- Podes Querida. – Abraço-me, estivemos um longo tempo agarradas, e, sem nos apercebermos de nada, começamos a chorar, afinal, nós as duas perdemos os nossos pais, as pessoas que mais amamos na vida, vimos Seth aproximar-se e reparar que ambas chorávamos, abraçou-nos e apenas disse:

-Amo-te Namorada. – Bianca sorriu.

-Amo-te Irmã. – Sorri.

- Nós também te amamos. – Dissemos em uníssono e desatamos a rir.

- As minhas duas meninas tão lindas, tão perfeitas, não vos quero ver mais a chorar, a nenhuma das duas, estamos entendidos? – Seth tentava fazer cara de sério, apesar de ser praticamente impossível.

- Sim, chefe. – Tornamos a repetir em uníssono, enquanto fazíamos continência e Seth não aguentou e desatou-se a rir perante o nosso grande espectáculo.

- Já chega minhas meninas, vamos andando? – Perguntou-nos Seth.

- Vamos, quer dizer, espera, vamos aonde? – Perguntei eu, já estava toda baralhada.

- Vamos levar-te a casa menina Sara. – Disse Seth.

- Estávamos a pensar convidar-te para vires jantar a casa dos Cullen, mas já chega de emoções para um só dia, além disso, a tua tia deve estar preocupada já, por isso, vamos levar-te a casa e depois amanhã vamos buscar-te lá para o meio-dia para irmos almoçar a casa dos Cullen. – Explicou-me Bianca, Seth não era nada bom em explicações, ele bem que dizia que nestas coisas as mulheres são melhores e é verdade.

- Hum, está bem então, realmente tens razão, a minha Tia já deve estar preocupadíssima, é melhor irmos indo, mas esperem…- pensei sobre o que a Bianca me tinha dito, Cullen? - … Mau, mau, os Cullen não são os vampiros muito vossos amigos?

- Uau Bianca, tu hoje estás mesmo mal, já não sabes o que dizes, para além de que estás a ouvir mal, é melhor comprares cotonetes, e tratares disso quando saíres do banho hoje. – Este Seth, não muda, é sempre as mesmas piadas e depois mete-se a rir sozinho, enfim.

- Ahah, que piada menino Seth, vou ver se trato disso vou, mas agora responde ao que te perguntei e deixa-te de desviares conversa. – Pus logo ponto final na risota e tentei fazer cara séria mas com o Seth isso era impossível.

- Pronto, pronto, respondendo á tua pergunta…- riu-se mais um pouco e finalmente prosseguiu. - … Sim, os Cullen são aqueles nossos amigos vampiros.

- Mas, é que tu nem penses, que eu vou almoçar a casa de uns vampiros Seth! – Interrompi logo, mal percebi o que ele estava a dizer.

- Calma Sara, eles são bons vampiros, lembras-te? São os Cullen. Alimentam-se apenas de sangue animal, são vampiros espectaculares, muito divertidos, vais adorar conhecê-los, vais ver e não digas que não vais amanhã porque vais nem que eu tenha de te ir buscar a casa pelos cabelos. – Ri-me, com esta ameaça mal fundamentada do Seth, mas acabei por aceitar ir com eles amanhã.

Durante esta longa conversa, nem reparei que já estávamos a chegar, o Seth continuou com as piadas dele, e eu e a Bianca olhávamos uma para a outra e riamo-nos da figurinha dele. Chegamos a minha casa, despedi-me deles, e, é claro, tive de prometer ao Seth que amanhã por volta do meio-dia estava pronta, e ele poderia passar aqui para me vir buscar. Mas, estou assustada, ainda para mais, preciso de ajuda, não sei mesmo o que vestir!

Mal abri a porta, ouvi a voz da minha Tia a chamar-me da cozinha:

- Sara, Querida, és tu? – Gritou, já sentia uma preocupação na sua voz.

-Sim, sou eu Tia, está tudo bem, não te preocupes.

- Oh querida. – Deu-me um beijinho. – Por onde andas-te? O passeio foi grande, tives-te muitas horas fora de casa.

- Estive no Shopping e depois na praia, com o Seth e a sua namorada. – Disse.

- Ah, está bem Princesa.

- A propósito, Tia, amanhã posso ir almoçar a casa de uns amigos do Seth? – Perguntei, estava convicta que ela deixaria.

- Claro que podes, até acho bem que vás, tens de conhecer pessoas novas, diverte-te. – A minha tia é um espectáculo, muito querida mesmo.

-Obrigado Tia, agora vou tomar um banho, não me apetece jantar, podes deixar-me no quarto apenas um tabuleiro com um sumo e um pacote de bolachas Oreo?

- Sim, posso Princesa, vai lá tomar banho, que eu já vou tratar do teu pedido, até já.

- Está bem Tia, deixa em cima da minha secretária, ou da cama. Obrigado Tia. Adoro-te. – Gritei, já do cimo das escadas.

Entrei no meu quarto, preparei o meu pijama e roupa interior no aquecedor para quando viesse do banho a roupa estivesse quentinha, em Forks as noites eram muito frias. Acabei o meu banho, vesti o meu pijama, prendi o meu longo cabelo e sentei-me na cama a comer as minhas bolachas e a beber o meu sumo. Estava cansadíssima, ainda para mais precisava mesmo de descansar, amanhã um longo dia me esperava. Acabei de comer, puxei os cobertores, peguei no meu Ipod, coloquei os fones, deitei-me, e no quentinho daquele quarto, adormeci a ouvir música.

 

 

publicado por Daniela Cristina's Diary às 22:43
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Rita a 17 de Novembro de 2010 às 23:02
linodoooooooooooo
Gostei muito, nunca pensei que a namorada do Seth fosse abraçar a Sara :p
Fogo já estava com saudades de ler a tua fic :)
Agora tou é curiosa pelo jantar na casa dos cullen
Como é que será que vai ser?
Tou ansiosa por mais
Adorei
Beijinhos :)
De Daniela Cristina's Diary a 18 de Novembro de 2010 às 21:01
Ainda bem que gostas-te
beijos sweet
De p;αndяαde. ॐ a 18 de Novembro de 2010 às 18:08
sim, querida. :o
De Daniela Cristina's Diary a 18 de Novembro de 2010 às 21:02
ah, tipo, coloquei aquela cara, porque gostei da frase e estou numa fase complicada, fiquei sem saber o que dizer
beijo sweet
De The Dreaming Me a 18 de Novembro de 2010 às 18:11
adorei *-*
mais, quero mais

bisous

p.s. ganhaste uma plaquinha no meu blog
De Daniela Cristina's Diary a 18 de Novembro de 2010 às 21:02
ainda bem que gostas-te.
já vou la ver
p.s. obrigado sweet
bisous
De - É a Joana Jones ^^ a 19 de Novembro de 2010 às 20:52
Lindo, mais :)
De Daniela Cristina's Diary a 20 de Novembro de 2010 às 21:53
ainda bem que gostas-te :)
beijos
De p;αndяαde. ॐ a 19 de Novembro de 2010 às 22:57
muito obrigado mesmo. :)
beijinhos.
De »Andry Agrelα.* a 19 de Novembro de 2010 às 23:47
adorei *-*-
De Daniela Cristina's Diary a 20 de Novembro de 2010 às 21:53
ainda bem
beijos
De - huun a 20 de Novembro de 2010 às 22:26
http://strawberrylover.blogs.sapo.pt/42772.html , se puderes vota em mim, agradecia imenso :$ , o nome do blog é I need you now !
De Daniela Cristina's Diary a 20 de Novembro de 2010 às 22:49
claro que voto sweet !
já está +.+
beijos
De »Andry Agrelα.* a 21 de Novembro de 2010 às 11:03
Obrigada (:
beijinho.
De p;αndяαde. ॐ a 21 de Novembro de 2010 às 15:08
gente tona, é o que é. ¬¬
ainda bem. :)
beijinhos.
De p;αndяαde. ॐ a 21 de Novembro de 2010 às 15:39
a culpa é dos pais, que permitem que crianças como essas já aderem às novas tecnologias e às redes sociais ! caso só os deixassem ter um telemovel, ou um computador com net não haveria nada disso e a rentabilidade nos estudos seria maior, e a taxa de analfabetismo descia a pique. :o
beijinhos.
De p;αndяαde. ॐ a 21 de Novembro de 2010 às 15:39
*não os

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31